Sexta, 07 de Agosto de 2020 15:40
77 99939-4955
Anúncio
Esportes Corinthians

Corinthians descarta volta de Pedrinho e quer R$ 25 milhões

A cúpula corintiana alega que o contrato entre Corinthians, Benfica e Pedrinho está assinado por todas as partes

16/07/2020 11h54
324
Por: Dado Fonte: Notícias ao Minuto
Corinthians descarta volta de Pedrinho e quer R$ 25 milhões

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians não teme que o Benfica devolva o meia Pedrinho após o clube paulista recuar na compra definitiva do atacante Yony González e confirmar a devolução do colombiano aos portugueses. Os rumores de uma possível "retaliação" do time de Lisboa começaram entre os torcedores e chegaram aos bastidores do clube do Parque São Jorge.

A cúpula corintiana alega que o contrato entre Corinthians, Benfica e Pedrinho está assinado por todas as partes e, por isso, não há a menor possibilidade de o clube português desistir da contratação do jovem jogador.

Segundo apurou a reportagem, o Corinthians, inclusive, já espera o pagamento da primeira parcela em agosto. Pedrinho foi negociado por 20 milhões de euros (cerca de R$ 122,5 milhões), mas os portugueses pagarão o jogador em cinco parcelas. Sendo assim, o clube receberá 4 milhões de euros (cerca de R$ 25 milhões) no próximo mês.

Aliás, o dinheiro da negociação de Pedrinho deve reforçar os cofres do Corinthians ainda este mês. Isso porque o clube antecipou parte do valor da primeira parcela com um fundo de investimentos.

Parte do dinheiro será utilizada para pagar o atraso salarial do elenco. O Corinthians deve três meses de salário, mas não teme debandada do elenco por meio da Justiça. Isso porque a diretoria prometeu aos atletas que quitará a dívida à vista até o fim deste mês.

Vale lembrar que o clube pagará o ordenado com redução de 25% por conta da pandemia do novo coronavírus.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.